8.6.14

Não se trata de um sonho, nem de um romance qualquer numas páginas, trata-se da realidade e é isso que tem tão assustador em tudo isto. Nada que é bom dura para sempre e eu que acredito plenamente nesta tese já a sinto a perseguir-me.
Foi rápida esta atracão, este desejo, esta possível paixão e quem sabe este futuro amor. Nada de expectativas diria, mas não adianta de nada, eu queria-te mais do que nunca, mais do que alguém pode querer alguém.
Sinto-me derrotada pelas mãos calejadas e sinto saudades de ser derrotada assim ainda que isso tenha acontecido ainda no dia, hora ou minuto passado. Senti saudades disso desde o momento em sabia que tinhas de ir. Esperemos então que voltes depressa e que contigo volte sempre essa atracão, esse desejo, essa possível paixão e que sabe um futuro amor.

4 comentários:

Andreia Morais disse...

Se tiver que ser, por mais voltas e desencontros, voltará e será tudo aquilo que sempre sonhaste

nês disse...

Não te deixes levar pelas suposições, vive apenas, o dia de amanhã logo se verá o que será...

Belle Margarida disse...

Gostei muito! Que possa voltar com todo o desejo, que possa ter um toque de futuro amor e se torne uma surpresa boa da vida.

Catarina Prata disse...

Como é maravilhosa essa derrota apaixonada!