8.4.15

Tão profundo esse respirar que me acelera também a mim, que gentil esse toque que me seduz e me faz desejar-te. Beija-me mais, quero-te mais para mim. Agora não deixes que os teus lábios parem de tocar nos meus. Agarra-me e não me deixes ir que eu não quero que tu vás. Olha para mim mas desvia o olhar porque me intimidas. Exijo mais um abraço e um beijinho, mais um para me reconfortar em ti e mais um para passar o tempo... Só mais um... E mais um...

1 comentário:

nês disse...

Que sejam infinitos