10.10.12

uma pequena visita

hoje de manhã a jane fez me uma visita. ela veio ter comigo e estivemos sentadas juntas num banco em frente à minha escola.
à tarde recebi uma chamada e era ela. estivemos a falar durante meia hora, ela disse que tinha saudades minhas, falou me da turma e da escola dela e questionou-me o que se passou entre nós, perguntou o que aconteceu. uma pergunta difícil de responder, houve problemas na nossa amizade e mesmo assim nós tentamos superar e então voltamos a estar mais juntas, mas a verdade é que o passado não se apaga e ele ainda vagueia pela minha mente quando a minha alma se deixa desprevenida. eu não te sei responder ao certo o que se passou, simplesmente aquilo a que chamávamos de melhor amizade perdeu o melhor e ficou-se por amizade e como isso é realmente difícil de se acreditar, até mesmo difícil de aceitar, nós afasta-mo-nos para não ter-mos que viver desta maneira, tão frias uma com a outra..
ainda hoje senti-me distante, eu pareço de outro mundo agora, a nossa amizade está tão fraca e sem forças porque nenhuma de nós decidiu lutar, ou então lutamos em momentos diferentes e a força de uma só não foi suficiente.
por vezes penso que o melhor seria tu não saberes deste meu cantinho, não saberes destes meus textos. porque a confiança que temos uma pela outra também já não era a mesma coisa. não quero também que vejas isto e te sintas com obrigação de vir ter comigo, não quero nada disso. mas se um dia realmente voltares a entrar neste canto e te apercebas de que eu voltei uma vez mais, não te admires que tenha escrito sobre ti. não te admires que venham a existir aqui cartas para ti como se tu as lesses é que eu lembro-me que um dia tive uma melhor amiga excelente e ainda escrevo para ela mas aqui e só aqui pois ela não se encontra mais comigo. se realmente vires isto aqui jane, faz-me um favor e não me confrontes no meu mundo real com isto, pois eu gosto de manter a magia neste cantinho.

15 comentários:

cher disse...

identifico-me tanto com este texto...

inês disse...

obrigada! então parabéns também a ela:)

Cátia disse...

uma amizade forte, ultrapassa tudo!

Tiz disse...

O nosso cantinho é sempre algo de muito especial, algo intimo que nunca queremos que nos confrontem sobre aquilo que escrevemos, sobre os nossos sentimentos!
Lembro-me de quando falavas imenso da jane, de quando falavas dela como se ela fosse perfeita, a melhor pessoa do mundo. Lembro-me do dia em que me a apresentaste, com um olhar brilhante disseste 'esta é a minha melhor amiga'
Espero que voltem a ser felizes, uma amizade assim merece ultrapassa barreiras, ganhar asas e voar mais alto que qualquer fase menos boa!
Gosto muito de ti e quero ver-te realmente feliz. Não quero um sorriso juntamente com as palavras 'esta tudo bem'. Eu quero um sorriso, cheio de vida, o teu rir, as parvoices e o brilho no teu olhar lindo. És magnifica e nunca faças dos problemas a 'crise' da tua vida.
Eu aprendi a geri-los, aprendi a ignorar a dor tentando ultrapassa-la, Se choro? é claro que sim, choro quando penso que tudo poderia ter sido diferente, quando penso que eu poderia ser diferente. Mas de que me vale? NADA. temos que andar para a frente, aprender a sorrir, porque a vida não é nada mais, nada menos do que aquilo que fizermos dela

pat disse...

olha quem fala <3

pat disse...

mas és uma fofura na mesma!!

anirataC disse...

gostei do teu texto e identifico-me. sigo-te *

http://petitsmorceauxdemoi.blogspot.co.at/

Ana Rita disse...

não desistas dessa amizade, vale sempre a pena lutar até à última! <3

cher disse...

não, é a outra pessoa.

cher disse...

então falei com ele na segunda e desde aí não consegui falar mais com ele, sinto-me feliz por termos começado a falar mas triste porque nunca mais falámos.

cher disse...

foi aquilo a que se chama de 'seca' porque não sabia o que havia de dizer e vice-versa, falámos da escola e essas coisas sem interesse...

cher disse...

pois, mas nunca mais voltámos a falar...

cher disse...

pois, mas também não tenho tempo para fazer o meu coração sofrer ainda mais.

cher disse...

pois, mas ele contou à outra que eu gostava dele e eles agora olham para mim de uma maneira que mete medo e sempre que o vejo na escola ele está com ela e não dá para ir ter com ele.

cher disse...

pois é